• Carregando...
Flávio Dino disse que o secretário-executivo do ministério, Ricardo Cappelli, está tentando obter outras imagens
Flávio Dino disse que o secretário-executivo do ministério, Ricardo Cappelli, está tentando obter outras imagens| Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Um grupo de parlamentares da oposição apresentou, nesta segunda-feira (4), uma representação pedindo o impeachment do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino.

Segundo o documento, protocolado pelo deputado federal Delegado Paulo Bilynskyj (PL-SP), na Procuradoria Geral da República (PGR), o não envio das imagens completas do dia 8 de janeiro à CPMI reforça a presença de “fortes indícios que houve uma conduta ativa para exclusão das imagens, o que configura, em tese, o crime de Fraude Processual, previsto no art. 347, do Código Penal, majorado pelo fato de a conduta ser apta a produzir efeito em processo penal”.

De acordo com a representação, Dino teria ainda cometido crime de responsabilidade ao impedir ou protelar a atuação da Força Nacional na proteção da Esplanada dos Ministérios no dia 8 de janeiro.

“Sua ação permitiu que se perpetrassem crimes contra a segurança interna, quais sejam, Crimes Contra o Estado Democrático de Direito, nos termos das denúncias oferecidas pelo MPF em face dos manifestantes. Assim, Dino praticou crime de responsabilidade”, explicou Bilynskyj.

0COMENTÁRIO(S)
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]