• Carregando...
Unidade de artilharia israelense perto da fronteira de Gaza, sul de Israel
Unidade de artilharia israelense perto da fronteira de Gaza, sul de Israel| Foto: EFE/EPA/NEIL HALL

O Exército de Israel afirma ter matado vários membros das forças de elite do braço armado do grupo terrorista Hamas na Faixa de Gaza, nas últimas horas, enquanto prossegue nesta sexta-feira (10) com sua ofensiva terrestre no enclave.

“Durante o último dia, com base em informações precisas do Exército, as tropas mataram numerosos terroristas de Nukhba”, o corpo de elite do Hamas, disse um porta-voz militar israelense, ressaltando que os milicianos foram parte ativa no ataque de 7 de outubro a Israel, que terminou com mais de 1.400 mortes e cerca de 240 reféns levados para Gaza.

Segundo o porta-voz, entre os terroristas de alto escalão mortos estão os comandantes Ahmed Musa e Omar al Hindi, ambos da cidade de Jabalia, no norte do país, onde os ataques israelenses tiveram forte impacto nas últimas semanas.

Além disso, as tropas também teriam matado Mohamed Kakhlout, chefe dos atiradores da Brigada Norte do Hamas.

Segundo o Exército de Israel, Musa foi um dos comandantes que no dia 7 de outubro liderou a incursão de milicianos palestinos na base militar de Zikim e no kibutz adjacente de mesmo nome, e "durante o último dia liderou ataques contra tropas do Exército na área ocidental de Jabalia".

Da mesma forma, “as tropas israelenses atacaram 19 terroristas do Hamas que planejavam atacar soldados durante a noite” e também atingiram “um contêiner localizado em uma praia que tinha aproximadamente 20 lançadores de foguetes”.

Durante as operações no bairro Sheikh Ijlin – no sul da cidade de Gaza –, as tropas de Israel também “localizaram um lançador de foguetes” armazenado próximo a edifícios residenciais.

“Todas as armas encontradas foram destruídas ou confiscadas pelas tropas”, acrescentou o comunicado.

Depois de mais de um mês de guerra e após o início da invasão terrestre a Gaza em 27 de outubro, os intensos combates já deixaram 36 soldados israelenses mortos.

O Exército de Israel conseguiu fragmentar geograficamente a Faixa entre o norte e o sul, e está agora parcialmente concentrado nos combates no centro da Cidade de Gaza, onde afirma ser o "coração" militar do Hamas. Nesta área, matou cerca de 50 milicianos nos últimos dias, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (9).

0COMENTÁRIO(S)
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]