• Carregando...
O Exército israelense iniciou um nova fase da guerra na última sexta-feira (27) para eliminar o grupo terrorista Hamas
O Exército israelense entrou na cidade de Gaza nesta terça-feira (7), para cumprimento de uma nova fase do conflito contra o Hamas| Foto: EFE/EPA/ABIR SULTAN

O Exército de Israel anunciou nesta quarta-feira (8) que matou um proeminente desenvolvedor de armas do grupo terrorista Hamas em Gaza.

Os confrontos desta manhã dentro do território controlado pelos terroristas também resultaram na morte de um soldado israelense durante a ofensiva, elevando para 31 o número total de militares abatidos nesta fase da guerra.

“Mohsen Abu Zina era um dos principais desenvolvedores de armas do Hamas e um especialista no desenvolvimento de armas estratégicas e foguetes usados ​​pelos terroristas do Hamas”, informou o Exército israelense em comunicado.

A nota explica que as Forças de Defesa mataram Abu Zina com um míssil lançado por um avião de combate após coletar informações militares sobre a sua localização.

Além disso, destaca que, durante a noite, as Forças de Defesa de Israel lançaram um ataque contra um grupo de milicianos que “planejava lançar foguetes antitanque contra forças” do Exército, no qual mataram “vários terroristas”.

As Forças Armadas israelenses anunciaram a morte do sargento Yaacov Ozeri, membro do Corpo de Artilharia, durante os combates no norte da Faixa de Gaza.

O comunicado informa que outros dois soldados ficaram gravemente feridos nos combates noturnos, sem dar mais detalhes.

Nesta terça-feira (7), um mês após o início da guerra, as tropas israelenses chegaram no interior da Cidade de Gaza, pela primeira vez em anos, depois de terem conseguido cercá-la após sua invasão terrestre na Faixa.

“Pela primeira vez em décadas, as Forças de Defesa Israelenses estão combatendo no coração da Cidade de Gaza”, disse Yaron Finkelman, comandante do Comando Sul do Exército de Israel.

0COMENTÁRIO(S)
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]