bwin - Sicredi consolida sua marca como instituição financeira cooperativa
| Foto: Sicredi

Com mais de 6 milhões de associados e presente em todo o Brasil, o Sicredi celebra nesta terça-feira, dia 20 de outubro, o Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito, figurando entre as grandes instituições financeiras do país. Na lista World's Best Banks 2022 realizada pela Forbes, ocupa o 4.º lugar no ranking dos melhores instituições financeiras do país, sendo a que mais subiu de posições na lista desde o ano passado – à frente inclusive dos grandes conglomerados financeiros e instituições públicas brasileiras.

 Fundado há 120 anos, Sicredi está presente em todo o Brasil, com mais de 2,4 mil agências e 100 cooperativas de crédito filiadas.
Fundado há 120 anos, Sicredi está presente em todo o Brasil, com mais de 2,4 mil agências e 100 cooperativas de crédito filiadas.

Em 2021, o Sicredi ocupou o 7.º lugar na lista. O relatório da Forbes é realizado pelo quarto ano consecutivo, em conjunto com a empresa de pesquisa de mercado Statista. Em vez de olhar para balanços e demonstrações de lucros e perdas, o levantamento é feito junto aos clientes de 27 países e leva em consideração requisitos como satisfação geral, confiança, taxas, serviços digitais e consultoria financeira.

ESTATÍSTICAS

Para a cooperativa de crédito que, a avaliação do mercado é importante, mas vem reforçar o reconhecimento diário dos associados, como são chamados os correntistas da instituição.

Fundado há 120 anos no Rio Grande do Sul, hoje o Sicredi está presente em todo o Brasil: são cerca de 2,4 mil agências distribuídas presentes nos 26 estados e no Distrito Federal e em mais de 100 cooperativas de créditos filiadas.

Com um patrimônio líquido de R$ 28,4 bilhões, além de R$ 246,9 bilhões de ativos reinvestidos na comunidade, o Sicredi conta hoje com mais de 6 milhões de associados e aproximadamente 35 mil colaboradores.

O produtor rural Paulo Steffens, de Quatro Pontes, no extremo Oeste do Paraná, é associado do Sicredi há mais de duas décadas e encara essa parceria como uma ferramenta estratégica para quem precisa ampliar os negócios. “A cooperativa de crédito segue as diretrizes do sistema cooperativo mundial, que é o trabalho em parceria. É muito importante para as pessoas que precisam de recursos para melhorar ou criar seu próprio negócio. É uma forma de fazer o dinheiro girar dentro da própria comunidade, incentivando o comércio local”, pontua Steffens que, há um ano, investiu na aquisição de uma ordenhadeira robotizada para ampliar a produção de leite na sua fazenda e já conseguiu dobrar a produção.

DIFERENCIAIS

Heitor Côrtes, sócio da Saint Claire Bakery & Café, uma das mais conceituadas padarias de Curitiba, no Paraná, descobriu o Sicredi quando estava prestes a fazer a reforma de uma das suas lojas. Isso foi há quase quatro anos. Depois disso, virou cliente, fã e divulgador dos mais de 300 produtos e serviços da cooperativa de crédito. “Os diferenciais são muitos”, afirma, elencando pontos como o atendimento personalizado e presencial, a facilidade de acesso à gerência, o número de colaboradores disponíveis, a acessibilidade dos sistemas digitais, taxas atrativas e justas e a parceria da instituição.

“Quando estou com um gerente do Sicredi, sei que estou com um parceiro que vai fazer o possível para poder me atender da melhor forma possível porque o lucro não é o que move a nossa conversa inicial” enfatiza.

 <em>Marcia e Ari Vieira conseguiram enfrentar a pandemia com a ajuda do Sicredi. | Divulgação</em>
Marcia e Ari Vieira conseguiram enfrentar a pandemia com a ajuda do Sicredi. | Divulgação| Felipe Perazzolo

Para a empresária Marcia Garcia Leal Vieira, a palavra que define essa união vai além da parceria. “Foi atendimento humanizado”, recorda. Assim como milhares de brasileiros, ela e o marido, Gilmar Ari Vieira, sentiram na pele o impacto da pandemia de Covid-19. “Se não fosse pela parceria com o Sicredi e o cooperativismo, não estaríamos abertos”, comenta, referindo-se aos desafios econômicos e às despesas com a faculdade da filha.

Proprietários de uma loja de instrumentos musicais há mais de 40 anos, eles se viram obrigados a vender a casa em que moravam – e único imóvel da família - para driblar a instabilidade financeira.

Associados do Sicredi Vale do Piquiri ABCD PR/SP, Marcia conta que foi graças ao atendimento da Agência de Santo Amaro, em São Paulo, que os apoiou e orientou sobre a melhor forma de aplicar o dinheiro para enfrentar aquele período. “Não sabíamos como fazer. Hoje aprendemos a empreender e ainda contamos com o Sicredi como parceiro para terminar de pagar a faculdade e sobreviver”, relata Marcia.